Atualização 03/08/2020 – 19:00

O Governo do estado do Rio Grande do Sul acabou de anunciar na sua live semanal que a macrorregião de Caxias do Sul (que abrange as Cidades de Gramado, Canela e Bento Gonçalves) voltará adotar a Bandeira Laranja do Distanciamento controlado.
Inicialmente a determinação era de Bandeira Vermelha mas o gabinete de crise decidiu por acatar o recurso da macrorregião que retornou a Bandeira Laranja.

Serra Gaúcha volta a adotar a bandeira laranja depois de 4 semanas

Que a pandemia do novo Coronavírus mudou drasticamente nossas rotinas, isso todos já sabemos, mas todos os dias as medidas de prevenção e combate aos vírus são atualizadas pelos governos federal, estadual e municipal. Por isso é muito importante estarmos atualizados sobre o que pode e o que não pode neste momento.

No Rio Grande do Sul o governo do estadual optou por sub-dividir o estado em macrorregiões geográficas, em cada uma destas macrorregiões as regras de distanciamento podem ser diferentes. Gramado por exemplo faz parte da macrorregião de Caxias do Sul (Atualmente bandeira laranja 06/07/2020).

Como funcionam as bandeiras?

Para entender mais facilmente as regras do distanciamento controlado o governo estadual separou elas em 4 bandeiras. As cores das bandeiras de cada região são atualizadas semanalmente.

Atualizado dia 06/07/2020 – 18:20

Bandeira Amarela – A região encontra-se com alta capacidade do sistema de saúde e baixa propagação da doença.
Bandeira Laranja- Significa que a região está com um dos dois cenários: média capacidade do sistema de saúde e baixa propagação do vírus ou alta capacidade do sistema de saúde e média propagação do vírus.
Bandeira Vermelha – A região encontra-se em um dos dois cenários: baixa capacidade do sistema de saúde e média propagação do vírus ou média/alta capacidade do sistema de saúde, porém alta propagação do vírus.
Bandeira Preta – Região encontra-se com baixa capacidade do sistema de saúde e alta propagação do vírus.

Mas o que estará aberto em Gramado na Bandeira Laranja?

Gramado está situado na macrorregião de Caxias do Sul, que está sob bandeira laranja, o que restringe diversos setores e modifica os critérios de funcionamento.

– Casas noturnas, bares e pubs – fechado
– Eventos, teatro, cinemas e similares – fechado
– Academia de Ginástica – 25% dos trabalhadores;
– Clubes sociais, esportivos e similares – 25% dos trabalhadores e atendimento individualizado por ambiente;
– Reparação e manutenção de equipamentos – 50% dos trabalhadores;
– Lavanderias e similares – 50% dos trabalhadores;
– Serviços de salões de beleza e barbearias – 25% dos trabalhadores e atendimento individualizado por ambiente;
– Missas e serviços religiosos – 25% do público;
– Bancos, lotéricas e similares – 75% dos trabalhadores;
– Imobiliárias e similares – 50% dos trabalhadores;
Serviços de contabilidade, auditoria, consultoria, engenharia, arquitetura, publicidade e outros – 50% dos trabalhadores;
– Advocacia – 50% dos trabalhadores;
– Serviços administrativos e auxiliares – 50% dos trabalhadores;
– Agências de turismo – 25% dos trabalhadores;
– Vigilância, Segurança e Investigação – 75% dos trabalhadores;
– Serviços para edifícios – 75% dos trabalhadores;
– Funerária – 100% dos trabalhadores e máximo de 10 pessoas por velório se falecimento por Covid-19;
– Pesquisa científica e laboratórios – 100% dos trabalhadores;
– Call-center – 50% dos trabalhadores;
– Faxineiros, cozinheiros, motoristas, jardineiros, babás e similares – 50% dos trabalhadores.

O que o Turista precisa saber?

Para quem vem visitar Gramado nos próximos dias é importante saber o que estará funcionando e o que não estará para não ser pego de surpresa.

Restaurantes, padarias e cafeterias – Podem funcionar no sistema a la carte, prato feito e bifê sem autosserviço com 50% dos funcionários, além dos sistemas take away (pegue e leve), tele-entrega e drive thru.}Hotéis e pousadas – Poderão funcionar com 50% dos quartos.
Comércio – Não essenciais podem atuar com 50% dos trabalhadores ou nas outras modalidades de take away, tele-entrega.
Transporte – Municipal poderá funcionar com 60% da capacidade do veículo e o intermunicipal com 75%.
Casas noturnas, bares, pubs, eventos e parques temáticos indoor – Continuam com abertura proibida.
Cinemas, teatros,  casas de espetáculos – Podem funcionar com 25% dos trabalhadores exclusivo para produção cultural, sem público espectador.
Museus – Podem funcionar com 25% dos trabalhadores com atendimento individualizado, com agendamento.
Agencias de turismo – Podem funcionar com 25% dos trabalhadores.

Deixe uma resposta