O cicloturismo é uma das modalidades de turismo que mais cresce na Serra Gaúcha, ciclistas de vários lugares do Brasil e do mundo vem procurando as belas paisagens do sul do Brasil para praticar o esporte sobre 2 rodas.

O distanciamento social imposto pela pandemia do Covid-19, mudou os hábitos de muitos viajantes. De repente, viagens de carro com a bike a bordo tornaram-se uma opção muito atrativa para os que buscam um turismo mais “socialmente distante”.

Pensando nisso separamos neste post 5 lugares/roteiros que valem a pena serem desbravados com sua Bike.


Pedal Quinto Distrito – Gramado

Neste pedal, o cicloturista passa pelas localidades de Linha Bonita e Linha Nova, local da primeira sede administrativa de Gramado em 1904. Este local pode ser admirado do alto da Capela São José. Ao longo do passeio existem diversos atrativos que fazem parte dos Roteiros de Agroturismo “Raízes Coloniais” e “Tour Linha Bella” com visitas agendadas.

Dica: Saia pela manhã e aproveite para almoçar com a vista espetacular do Olivas de Gramado.

Pontos de Interesse: Casa Centenária, Ervateira Marcon, Museu Fioreze, Café Della Nonna, Vinícola Masotti, Velho Casarão, Cantina Linha Bella, Moinho Cavichion, Capela São Pedro Claver e Capela São José.

Rota Pedal Quinto Distrito

Distância: 23,8 km
Duração: 2 horas, 22 minutos e 4 segundos
Velocidade média: 10,0 km/h
Elevação mínima: 546 m
Elevação máxima: 830 m
Escalada total: 517 m
Descida total: 523 m

Mais informações: http://www.gramadoinesquecivel.tur.br/gramadobike/
Guia de Navegação: http://www.gramadoinesquecivel.tur.br/
assets/files/gramadobike/PRE-0004-20-GUIA-ROTEIRO-CICLISTICO-ONLINE.pdf


Pedal Ponte do Raposo – Gramado

Neste trecho, o cicloturista pode conhecer a Ponte de Ferro Major Nicoletti, construída em 1932, também conhecida como Ponte do Raposo. Sua construção teve como objetivo principal o escoamento da produção para outros municípios. Antigamente todo o transporte era feito através de um Passo do Raposo no Rio Santa Cruz, sobrenome do proprietário de uma grande área de terra, onde hoje é Caxias do Sul. Nesta rota existe um empreendimento que faz parte dos Roteiros de Agroturismo “Tour Linha Bella” com visitas agendadas.

Rota Pedal Ponte do Raposo

Distância: 31,8 km
Duração: 3 horas, 12 minutos e 32 segundos
Velocidade média: 9,9 km/h
Elevação mínima: 285 m
Elevação máxima: 823 m
Escalada total: 753 m
Descida total: 751 m

Mais informações: http://www.gramadoinesquecivel.tur.br/gramadobike/
Guia de Navegação: http://www.gramadoinesquecivel.tur.br/
assets/files/gramadobike/PRE-0004-20-GUIA-ROTEIRO-CICLISTICO-ONLINE.pdf


Pedal Vale do Rio das Antas – Bento Gonçalves

Local de extrema beleza, rodeado por paisagens de tirar o fôlego. No trajeto é possível conhecer uma das maiores pontes de arcos paralelos do mundo, a carinhosamente chamada “Ponte do Rio das Antas”. Além de imergir completamente em uma natureza cheia de paz e equilíbrio. 

Rota Pedal Vale do Rio das Antas

Distância: 51,29 km
Duração: 3 horas e 50 min
Elevação mínima: 106 m
Elevação máxima: 684 m
Escalada total: 1.591 m
Descida total: 1.531 m

Mais Informações: https://www.dallonder.com.br/cicloturismo
Guia de navegação: https://pt.wikiloc.com/trilhas-mountain-bike/pedal-vale-das-antas-bento-goncalves-10829731


Vale dos Vinhedos – Garibaldi

Um dos roteiros mais famosos da região, o Vale é perfeito para os amantes do vinho e da natureza. Formado por colinas, montanhas e vinícolas, tanto grandes quanto familiares, o cenário não poderia ser mais encantador e especial. 

Dica: Os meses de Dezembro, Janeiro e Fevereiro marcam a época de maturação das uvas. Os cicloturistas que estiverem pedalando na região durante esta época não terão dificuldade em encontrar cachos para saborear na beira das estradas.

Rota pedal Vale dos Vinhedos

Distância: 57,73 km
Duração: 4 horas e 20 min
Escalada total: 717 m
Descida total: 1.333 m

Mais informações: https://www.dallonder.com.br/cicloturismo
Guia de Navegação: https://pt.wikiloc.com/trilhas-ciclismo/vale-dos-vinhedos-709407


Pedal pelo Cânion Fortaleza – Cambará do Sul

Conhecer Aparados da Serra de bike é, sem dúvida, uma experiência sem comparação. Tanto o Parque Nacional de Aparados da Serra, como o Parque Nacional da Serra Geral detém uma paisagem de tirar o fôlego. É lá que se encontra o maior cânion da América Latina – o Cânion Fortaleza. Há também o Cânion Itaimbezinho, localizado no Parque Nacional de Aparados da Serra. Isso sem citar as florestas de araucária, mata atlântica, pampas gaúchos e rios cristalinos que formam toda a paisagem ao redor. E é justamente por causa deste conjunto de beldades naturais que a região do Parque Nacional dos Aparatos da Serra vem atraindo a cada ano mais e mais cicloturistas.

Distância: 50,79 km
Duração: 3 horas e 40 min
Elevação mínima: 994 m
Elevação máxima: 1.125 m
Escalada total: 1.082 m
Descida total: 1.082 m

Mais informações: https://pisa.tur.br/pacote/aparados-da-serra-mountain-bike-na-terra-dos-canions
Guia de Navegação: https://pt.wikiloc.com/trilhas-mountain-bike/passeio-canion-fortaleza-cambara-do-sul-rs-37917941


Bônus: Circuito Cascatas e Montanhas

Sim, para você que chegou até o final desta matéria temos um Bônus!
Se você já é um expert nas pedaladas pela Serra Gaúcha e achou todas as nossas dicas muito “fáceis”, temos uma dica de desafio a sua altura.

São 123 km de percurso nas cidades de Rolante, Riozinho e São Francisco de Paula. O roteiro permite ao cicloturista uma exploração completa e tranquila de todas as atrações dessas localidades, podendo ser percorrido de dois a cinco dias, sempre com passagens pela área central das cidades, para conveniência, mas sem deixar de lado o atrativo principal: a conexão com a natureza através do esporte.

Distância: 123 km

Mais informações: https://drive.google.com/file/d/1gV3bdLQQXsxQMjmEArOfppb-GfXcFQvG/view
Guia de Navegação: https://drive.google.com/file/d/1gV3bdLQQXsxQMjmEArOfppb-GfXcFQvG/view


E então, o que achou da nossa seleção de lugares para pedalar na Serra Gaúcha?
Sabe de mais algum lugar que esquecemos de colocar nessa lista?
Deixe um comentário pra gente e compartilhe esse post com um amigo para que ele também descubra esses lugares incríveis!

Deixe uma resposta