O número de contas falsas usando o nome de empresas reais vem aumentando a cada dia e o turismo é um dos setores mais visados pelos golpistas.

As redes sociais são um importante canal de comunicação entre empresas e seus clientes/fãs. Através de canais como Facebook, Instagram e You Tube, podemos trocar mensagens diretamente com nossos seguidores e ouvir o que eles tem a nos dizer, sejam elogios ou críticas aos nossos serviços. Esse diálogo é muito importante para nós, por isso a Laghetto Hotéis investe muito na comunicação via redes sociais, respondendo a todos os nossos seguidores, e sempre buscando soluções para as necessidades dos nossos hóspedes.


Contas falsas no Instagram

Infelizmente as redes sociais também viraram palco de muitas tentativas de golpes contra usuários. O Instagram é uma rede com mais de 1 Bilhão de usuários ativos no mundo, e criar uma nova conta na plataforma é extremamente simples, basta um endereço de email (muitas vezes um email falso também).

Devido ao grande volume de usuários, o Instagram não consegue desativar e banir as contas fake de forma rápida. O processo de exclusão de contas é feito de forma manual e pode demorar várias semanas, tornando assim o Instagram um território ideal para golpes.

Golpistas podem facilmente criar contas falsas utilizando o nome de empresas reais e muito conhecidas. A Laghetto Hotéis por exemplo já denunciou a criação demais de 10 contas falsas utilizando o nome Laghetto indevidamente.


Como os golpes funcionam?

O objetivo final da maioria dos golpes é o roubo de contas do WhatsApp. Possivelmente para que estas sejam usadas em outro golpe, como extorsão ou falsos sequestros.

Na maioria das vezes os golpistas criam uma conta falsa com o nome de uma empresa, Ex: LaghettoHoteiis (O erro de digitação no nome é proposital para despistar os motores de busca).

Na conta falsa os golpistas inserem imagens idênticas a da conta original, desta forma, usuários desavisados podem achar que estão realmente falando com a conta verdadeira.

A conta falsa passa então a enviar mensagens diretamente para os seguidores da conta original, normalmente informando que o usuário foi sorteado em alguma promoção. O usuário desavisado acaba acreditando na informação e seguindo as instruções do golpista.

Prints obtidos através de conversas reais

Na maioria dos casos que temos identificado o golpista pede que o usuário informe nome completo e número de telefone celular. Ao informar o número do telefone o usuário recebe um código de verificação do WhatsApp via SMS, o golpista pede que o usuário informe o código recebido.

E é nesse momento que a conta de WhatsApp do usuário é roubada. Ao informar o código de verificação ao golpista você está na verdade informando a plataforma do WhatsApp que ele(golpista) é o verdadeiro dono da sua conta.

Por isso, NUNCA informe códigos de verificação para estranhos.


Como identificar uma conta Fake?

Existem diversas maneiras de identificar contas falsas nas redes sociais, vamos aqui dar algumas dicas para que você não caia em nenhum golpe por aí.

1- Verifique o nome de Usuário

As redes sociais não permitem a criação de duas contas completamente iguais, o nome de usuário é o que diferencia uma conta da outra. Por isso os golpistas tentam deixar a conta falsa com o máximo de semelhança com o nome original.

Contas que usam “_“, “.,“, ou números no início ou no final do nome de usuário são consideradas suspeitas.

Ex:
Conta real: @laghettohoteis
Conta falsa: @laghettohoteis_
Conta falsa: @_laghettohoteis
Conta falsa: @laghetto.hoteis
Conta falsa: @laghettohoteis_._
Conta falsa: @laghettohoteis2020

2 – Número de Seguidores

Contas falsas normalmente são banidas a cada 2 ou 3 semanas, por isso é muito difícil que uma conta falsa consiga alcançar um número muito alto de seguidores. Se a conta possuir menos de 500 ou 1000 seguidores pode ser considerada suspeita.

3 – Posts falsos ou ausência de posts

Contas falsas possuem posts falsos, normalmente copiados da conta original, por isso, esses posts possuem poucas ou nenhuma curtida. Uma dica é acessar o Instagram pelo computador e verificar o número de curtidas de cada foto. Se o número de curtidas for baixo ou nenhum, essa conta é considerada suspeita.

4 – Pesquise o nome da empresa no Google

O algoritmo de buscas do Google é diferente e privilegia sites com mais tempo no ar, maior número de visitas e boas avaliações, por isso é mais provável que você encontre o site oficial da empresa através da busca do Google.

Uma vez acessando o site verdadeiro da empresa é provável que você encontre um link para as contas verdadeiras da empresa nas redes sociais.

5 – Selo de verificação azul

Já a alguns anos redes sociais como Twitter, Facebook e Instagram vem adotando o “Selo de verificação azul” como forma de informar o usuário de que aquela conta foi verificada e pode ser considerada uma conta verdadeira.

Para obter o selo de verificação azul o administrador da conta precisa enviar para a rede social, documentos que comprovem a identidade, como por exemplo, cópia do contrato social da empresa e identificação do sócio responsável.

Após uma análise que pode levar alguns dias ou semanas, a rede social pode então conceder o selo de verificação azul. Mas não são todos que podem ter o selo de verificação, não se sabe ao certo o critério de seleção, mas normalmente apenas empresas ou personalidades famosas recebem o selo.

Mesmo assim, já existem relatos de contas verificadas com selo azul que foram roubaras e agora passaram a ser usadas na aplicação de golpes.


Como não cair em golpes?

De fato muitas empresas realizam promoções nas suas redes sociais como forma de estimular a interação com a marca. Mas esta também é a forma de operar dos golpistas, iludindo o usuário com falsos prêmios e falsas promoções. Veja agora algumas dicas para não ser enganado.

1 – Desconfie de toda e qualquer mensagem sobre promoções

Mesmo que uma empresa real tenha realizado uma promoção real, desconfie, cuidado nunca é demais. Sempre verifique se você está falando com a empresa verdadeira, procure o número de telefone fixo e endereço físico da empresa no Google e tente entrar em contato diretamente.

2 – Jamais envie dados pessoais por chats ou comentários

Toda informação sua é preciosa para os golpistas, jamais envie informações por chats de redes sociais ou comentários em postagens.

Prints obtidos através de conversas reais

Não envie nem mesmo o seu número de telefone celular, sem antes realizar as verificações que citamos na primeira parte deste post.

3 – Nunca envie códigos de verificação a terceiros

O Código de verificação via SMS é um método de verificação de identidade que uma rede social ou aplicativo usam para saber que você realmente é você.

Print obtido a partir de uma conversa real

Por isso NUNCA, JAMAIS envie para terceiros um código recebido por SMS. Ao enviar um código você está na verdade autorizando um terceiro a roubar a sua conta.


Como denunciar uma conta falsa?

Se você encontrou uma conta falsa, denuncie imediatamente, esta é a única maneira de evitar que mais pessoas caiam em golpes. Para denunciar siga os passo a baixo.

1 – Acesso o perfil da conta Falsa
2 – Clique nos três pontinhos no canto superior direito da tela
3 – Clique em “Denunciar…”
4 – Clique em “É Spam”

Infelizmente mesmo denunciando a conta falsa não sairá do ar, é necessário que muitas denúncias sejam feitas para que o Instagram tome uma providência e tire uma conta do ar.

Se você é dono de uma empresa ou possui um perfil que foi vitima de falsificação, você pode enviar um formulário de violação de propriedade de marca diretamente para a equipe do Instagram (este método costuma ser o mais efetivo para a exclusão de contas falsas).

Link para o formulário de denúncia: https://help.instagram.com/contact/230197320740525


Quais as contas oficiais da Laghetto?

No Instagram o nosso perfil @laghettohoteis possui selo de verificação azul, o que facilita a identificação do perfil verdadeiro. Além do perfil principal a Laghetto também possui o @laghettorio (voltado para nosso público no Rio de Janeiro) e também o  @sr.laghettinho (voltado para o nosso público infantil). Siga todos!

A Laghetto Hotéis informa que não solicita informações pessoais através de aplicativos de mensagens (WhatsApp, SMS, Telegram) ou por redes sociais. A rede Laghetto também não realiza promoções via mensagens diretas nas redes sociais. Se receber qualquer mensagem desta natureza DENUNCIE! SIGA APENAS OS PERFIS OFICIAIS DOS HOTÉIS LAGHETTO Nos últimos dias vários perfis falsos foram criados nas redes sociais utilizando nomes de empresas conhecidas. Antes de seguir ou responder mensagens, verifique a veracidade do perfil.

Outras redes sociais da Laghetto
Facebook
Linkedin
Twitter
YouTube

Gostou do post? Então compartilhe para espalhar a informação para mais pessoas!
Tem mais alguma dica elogio, critica ou sugestão? Deixe nos comentários a baixo! Nós sempre respondemos.

Deixe uma resposta